PUBLICIDADE | LOJA ONLINE | ATENDIMENTO | ASSINATURAS Online Editora
Publicidade

Revista do Mês REVISTA DO MÊS

Casa & Decoração

O Prazer de Morar

ASSINE A SUA
Pequenos ambientes > Apês e casas de até 80 m²
Sala pequena
Texto Debora de Oliveira e Pauline Meiwald | Colaboração Renacha Batista | Adaptação Ana Paula de Araujo

Não é porque uma sala é pequena que não dá para atender às suas necessidades, como receber os amigos, ter espaço para um office, assistir à televisão com conforto, abrigar uma mesa de jantar... Mesmo com o tamanho reduzido, é possível ter um ambiente moderno, leve e bonito. Para isso, basta investir em recursos que dão a sensação de amplitude. Veja a seguir 47 dicas práticas e inteligentes para aproveitar cada centímetro da sala pequena.

 

 

1- Decorada por móveis rústicos, a varanda torna-se um ambiente a mais no apartamento.

2- Móveis de tecido náutico ou de fibra natural são os mais recomendados para áreas externas.

3- Para proteger o ambiente contra chuva ou ventos fortes, é indicado fechar a varanda com vidro.

 

Projeto: Geson Dutra de Sá; Fotos: Renato Negrão.

 

 

4- Aproveite os móveis multifunção, como caixas que podem armazenar objetos, revisteiros que fazem a vez de mesa de canto ou um rack que acopla acessórios.

5- Você pode amar aquele sofá de seis lugares, mas não adianta levar se ele ocupa uma parede inteira.

6- A proporção e a metragem de tudo devem ser calculadas, até mesmo dos acessórios. A simetria entre os objetos, como a que ocorre entre os quadros do ambiente acima, reforça a organização e a tranquilidade.

7- Quem disse que uma casa pequena não pode receber objetos decorativos? Invista em pequenos acessórios, como vasos de flores, para alegrar o lar. Isso muda o astral dos ambientes!

8- O sofá-cama está de volta e, além de bonito e confortável, com ele, se ganha um “dormitório” a mais.

9- Unir materiais leves, como vidro e acrílico, a elementos pesados, feitos de madeira, podem resultar em um efeito aconchegante... A mistura é muito bem-vinda em casas pequeninas.

 

Projeto: Natália Meyer e Danielle Cortez; Fotos: Leandro Andrade.

 

10- Busque sofás e poltronas sem braços. Isso aumenta o campo de visão e não bloqueia o visual.

11- Considere itens de decoração, como cadeiras ou armários, da mesma cor que a parede, isso vai mesclar o móvel com o entorno, suavizando sua presença.

12- A integração de ambientes em apartamentos pequenos confere mais amplitude, porém é necessário que a decoração dos cômodos dialogue entre si.

 

Projeto: Ana Lucia Rozenblit; Fotos: Leandro Andrade.

 

 

13- As texturas nas paredes devem ser evitadas, sua utilização em lugares pequenos pode ficar carregada.

14- Em apartamentos de solteiro, a integração pode ser ainda maior. Quarto e sala podem ter divisões apenas de painéis móveis, para quando o morador precisar de fato de privacidade.

15- Guarde os tons mais fortes e marcantes para pequenas áreas, como uma parede de canto, nichos ou almofadas sobre o sofá, por exemplo.

16- Em ambientes familiares é interessante integrar sala e cozinha.

 

Projeto: Flavia Montagnani; Fotos: Divulgação.

17- Use um simulador virtual de ambientes para fazer a decoração do imóvel, nele você poderá estudar a disposição dos móveis, avaliar possíveis reformas ou testar combinações de cores.

18- Se a mesa lateral é pequena, opte por um lustre pendente sobre ela, assim, libera-se o espaço que um abajur ocuparia para outros objetos .

19- Armários, escritório, canto de leitura... Não deixe de observar o que sua sala pode reunir. Explore todas as possibilidades.

 

Projeto: Mari Aní Oglouyan; Fotos: Divulgação.

 

 

20- Aproveite o verso do sofá para inserir um móvel de apoio, como um aparador ou banco. O lugar é perfeito para acomodar um móvel desse tipo.

21- Portas, esquadrias e paredes na mesma cor dão efeito de continuidade e, portanto, passam a sensação de amplitude.

22- Com computadores mais compactos e móveis, ficou fácil montar o cantinho do escritório. Um simples aparador de apoio com um pufe sobre ele pode se transformar no lugar ideal para o trabalho.

23- Se a iluminação do teto não dá conta de iluminar os cantinhos, opte por peças de mesa com dimensão reduzida.

 

Projeto: Agnes Manso e Maria Alice Miglorancia; Fotos: Inês Antich (Divulgação).

 

 

24- Se possível, troque o computador de mesa por laptops, os eletrodomésticos simples por aparelhos dois em um e as TVs com tubo de imagem por LCD ou plasma. Os novos eletrônicos estão a favor do espaço.

25- O cantinho para assistir a filmes pode ficar em um canto desprezado do imóvel. Estude a planta de sua residência para dispor a TV.

26- Salas compridas ou em L, que precisam de separação, podem contar com truques divisórios. Faça isso com uma alteração radical do estilo da decoração entre um e outro ambiente ou posicionando estantes entre eles.

27- Os encontros da marcenaria podem ser explorados com armários.

 

Projeto: Teresa Simões; Fotos: Divulgação.

 

 

28- Explore a altura dos ambientes, escolhendo uma estante que vá do chão ao teto (ou bem próximo) para a biblioteca.

29- Invista em compartimentos com portas atraentes, assim os objetos ficam organizados por dentro e o ambiente, sempre bonito.

30- Para facilitar limpeza e deslocamento, uma boa escolha pode ser por móveis com rodinhas (no caso de pufes, poltronas) e de couro ou sintético (para sofás). Gavetas basculantes também são práticas.

 

Projeto: Gerson Dutra; Foto: Sidney Doll.

 

 

31- Revestimentos texturizados, como o tijolo à vista pode deixar o lugar pesado. Tinta branca pode resolver o problema.

32- Os móveis com bases abertas são indicados para ambientes mais apertados porque deixam o espaço “respirar”.

 

Projeto: Flávia Ferrari; Fotos: Adriana Barbosa.

 

 

33 Para revestir a parede, invista em materiais que destaquem e promovam profundidade, como madeiras, pedras, papéis, pinturas...

34 Na marcenaria, puxadores embutidos nas portas ajudam a deixar o móvel mais discreto, aumentando a sensação de limpeza visual.

 

Projeto: Raquel Melo e Camila Caló; Fotos: André Wittner.

 

 

35 Calcule a distribuição e o tamanho das obras e sempre procure combinar a arte com o restante sala.

36 Elimine as portas que não são utilizadas… Vale à pena dispensá-las para ganhar espaço.

37 Evite dispor mobiliário junto a portas e áreas de passagem – além de não ser prático, em geral, também não resulta em um bom efeito decorativo.

 

Projeto: Renata Zugman; Fotos: André Wittner.

 

 

38 Uma mesa transparente amplia o campo de visão. A estrutura também pede materiais leves, como metal ou o próprio vidro.

39 Móveis altos devem ser colocados preferencialmente junto às paredes. Evite deixá-los no centro dos ambientes.

40 Abaixo, a parede tem listras tanto na vertical, quanto na horizontal. O recurso é uma ótima ideia.

 

Projeto: Marli Assis e Sueli Zapparolli; Foto: Divulgação.

 

 

41 Discreta e elegante, a mesa de espelho é um bom recurso para o living.

42 O espaço superior da parede pode ganhar uma parede para dispor acessórios.

43 Para ambientes menores, uma solução é o uso de armários baixos, seguindo a tendência oriental. Outra ideia é usar suportes suspensos, que trazem leveza visual.

44 Prefira puxadores embutidos que não atrapalham a circulação nem ocupam espaço.

 

Projeto: Jóia Bergamo; Fotos: Divulgação.

 

 

45 Aproveite a moda dos listrados e invista nas faixas horizontais. Elas dão a impressão de que o espaço é bem mais longo do que na verdade é.

46 Aproveite a parede diferente e crie um cantinho especial para leitura, com poltrona e luminária... Será muito agradável.

47 Por outro lado, se o problema for o pé-direito baixo, escolha então listras verticais, como na foto.

 

Projeto: Patricia SantÁngelo; Fotos: Ricardo Novelli

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Quero parabenizar pela edição de maio da Casa & Decoração, que foi muito bem elaborada e tem matérias bastante úteis. Continuem neste caminho, melhorando e buscando atingir o máximo de leitores possíveis

Alessandra Silva, Salvador - Bahia, via e-mail
Editora Online