PUBLICIDADE | LOJA ONLINE | ATENDIMENTO | ASSINATURAS Online Editora
Publicidade

Revista do Mês REVISTA DO MÊS

Casa & Decoração

O Prazer de Morar

ASSINE A SUA
Pequenos ambientes > Apês e casas de até 80 m²
Apê pequeno
Texto Ana Alice Santos | Fotos Divulgação | Adaptação Ana Paula de Araujo

Quem disse que pouca metragem é sinônimo de aperto? Os 36 m² de um jovem solteiro, projetados pela arquiteta Kika Tiengo, da Tango Arquitetura, provam que ambientes pequenos podem, sim, ser confortáveis. Para a profissional, as soluções para driblar a falta de espaço são alguns dos destaques da decoração, além das cores sóbrias e masculinas, e os revestimentos das paredes. A seguir, inspire-se nesse projeto para aproveitar melhor cada cantinho do seu apê pequeno:


 

A mesa ganhou dobradiças para deixá-la móvel. Esse foi outro recurso encontrado pela arquiteta para deixar a circulação livre, quando necessário, e driblar a falta de espaço. Cadeiras transparentes (Charles Eames) foram escolhidas para não pesar no visual. Além de não criarem um grande volume num espaço tão pequeno, harmonizaram com a decoração quase monocromática.

 

Sala

A sala de 11,5 m², integrada com a cozinha, recebeu móveis que pudessem ser utilizados de mais de uma maneira. “Por exemplo, o pé da mesa pode ser usado como móvel de apoio, e o banco pode ser usado como assento ou suporte para livros e objetos”, explica Kika Tiengo. O sofá foi feito a partir de um colchão e pode ser usado como cama. Como o ambiente é bem pequeno, a arquiteta optou por utilizar os mesmos revestimentos na sala e no quarto para dar a sensação de amplitude. Ela escolheu Tecnocimento para o piso e papel de parede.

Para o painel da TV, o material escolhido foi a folha wenge, a mesma utilizada na mesa, o que garante continuidade ao ambiente. O proprietário não queria rebaixar o pé-direito com gesso, o que permitiria mais recursos de iluminação. “Para criar uma luz mais agradável, foram usados pendentes para criar iluminação indireta. As lâmpadas também foram dimerizadas, permitindo o controle da intensidade da luz, de modo a criar diferentes climas”, explica a arquiteta Kika.



 

Uma porta de correr de 1,30 m de largura leva ao quarto e garante a privacidade quando necessário. Também com a intenção de fazer o ambiente parecer mais amplo, espelhos foram instalados na cabeceira e na parede lateral do quarto, que foi movida para a instalação de banheira no banheiro.

 

Quarto

O quarto de 9,40 m², que recebeu os mesmos revestimentos da sala no piso (Tecnocimento) e nas paredes (papel de parede), segue o estilo clean do apartamento. Nos armários de MDF com pintura em laca desenhados pela arquiteta para aproveitar cada cantinho, nada de puxadores: a arquiteta optou por recortes no estilo cava italiana para deixar o visual leve. “Não costumo colocar puxadores nas peças que desenho para evitar que elas fiquem muito datadas. Os puxadores sempre têm a cara de uma época. As cavas são mais neutras, nunca saem de moda”, explica a arquiteta. A cabeceira é de tecido e espuma, garantindo o conforto.


 

Cozinha

A cozinha de 7,40 m² tem armários com laminado melamínico branco e espelho jateado. Dividindo a sala da cozinha, a bancada de Nanoglass, que também conta com armários no lado de dentro. A bancada da pia também é de Nanoglass, o que garante harmonia ao espaço. Na parede da pia, um escorredor vertical economiza espaço sobre a bancada. A porta na esquerda da cozinha leva ao banheiro.



 

Banheiro

Para o proprietário, era muito importante ter uma banheira em casa. Por isso, a arquiteta reduziu o quarto para ter mais espaço no banheiro (5,40 m²) e instalar o item. O mesmo material (silestone) foi escolhido para a bancada e para revestir piso e parede, enquanto o gabinete recebeu laca. O apartamento não conta com área de serviço, e o morador não queria usar a lavanderia comum do prédio. A solução foi colocar o eletrodoméstico que lava e seca no banheiro. Uma parte da área de banho foi fechada para guardar vassouras, produtos de limpeza, baldes, etc.
 

Quanto custou?*

Nanoglass (cozinha): R$ 880 (o m²)

Silestone Unsui: R$ 1.200 (o m²)

Papel de parede: R$ 900 (o rolo)

Marcenaria: 10 x R$ 2.500

Luminárias: R$ 3.000
 

Projeto: Kika Tiengo (Tango Arquitetura); armários da cozinha: SCA; papel de parede: Wallcovering; sofá, cadeiras, cortinas, cabeceira: Veste Casa – Móveis e Tecidos para Decoração; bancadas da cozinha, bancadas e revestimentos do banheiro: Paraíso das Pedras.


* Preços consultados em março de 2012, sujeitos a alterações.
 

Onde encontrar:
Kika Tiengo (Tango Arquitetura) – Tel.: (11) 3938-2031 – www.tangoarquitetura.com.br.

SCA – site.sca.com.br.
Wallcovering – www.wallcovering.com.br.
Veste Casa – Móveis e Tecidos para Decoração – Tels: (11) 3085-1936 e 3061-5347.
Paraíso das Pedras – Tel.: (13) 3458-2244.

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Tudo que eles fazem, fazem com AMOR... Este é o segredo do sucesso do @portaldecoracao.

Dielle Melo, São Luís - Maranhão, via Twitter
Editora Online