Publicidade

Ponto de vista > Entrevistas
Eduardo Carvalho
Texto e reportagem Renata Della Nina e Simões Neto (edição) | Fotos Divulgação

Com forte apelo cultural, os desenhos de Eduardo Carvalho são assim: cheios de cor, identidade visual e referências trazidas de universos variados como a história, a cultura, o comportamento, a moda e os acontecimentos do dia a dia. Quando começou, em 2008, seus projetos ainda eram tímidos. Com a ajuda de cursos, especializações e vivências, Eduardo abriu-se para o mundo e seu trabalho foi se aperfeiçoando cada vez mais, tomando o rumo do que é hoje: um lindo jogo de cores, texturas e sensações que nos inspiram e convidam a curtir as maravilhas culturais brasileiras.

 

 

Preparado para fazer estamparia para a indústria da moda e da decoração, Eduardo não para, e seu desejo é criar linhas diversas: de papeis de parede a almofadas, de tecidos para sofás a cortinas. “Pretendo que os meus traços sejam impressos em todos os cantos da casa”, afirma. Se você acompanha a revista Casa & Decoração já se deparou inúmeras vezes com o trabalho desse artista multifacetado. Nas nossas edições de aniversário, ele foi responsável pela textura da capa que propõe uma leitura bidimensional, além de ilustrações para matérias especiais. Conheça, portanto, o trabalho desse profissional que merece ser registrado de norte a sul do Brasil.

 

Casa&decoração: Formação, informação ou absorção? Como tudo começou?
Eduardo Carvalho: Tenho em minhas referências um pouco de tudo, leio muito, navego na Internet e viajo. É bem isso que você colocou: formação, informação e absorção. Mas, formalmente, sou Bacharel em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) desde 2002, editor gráfico e especialista em Artes Visuais - Cultura e Criação, ambos pelo SENAC. O meu ponto de partida foi bem forte e sólido. Me sinto bem calçado culturalmente. Tudo isso misturado ao interesse pelo novo, pelas cores e pela pluralidade do ser humano, resulta em uma estamparia na qual quero passar alegria, vibração, boas energias.

 

C&D: E o interesse pelo design de estamparia, um ramo relativamente novo por nossas paragens?
EC: Comecei em 2008, desde então venho me especializando, primeiro com o projeto “Arte da cor”, e desde 2011, com o meu estúdio: o Boitatá. O toque do tecido me fascina: desde o mais áspero ao mais sedoso, delicado. E o meu desafio gira em torno do que ficaria e se adequaria àquela padronagem. Qual a estampa que seria mais interessante para tecidos mais grossos no toque e nos mais finos? Essa curiosidade gerou o meu interesse por essa área.

 

 

 

C&D: Como funciona o design de superfície? Como é o processo?
EC: É comum as pessoas acharem que o design de estamparia se aplica apenas às superfícies têxteis, na verdade, ele pode estar presente até no traçado de uma calçada, por exemplo. Qualquer trabalho de design é norteado por uma orientação de partida: o briefing. No caso de uma estampa que irá ilustrar a capa de uma revista, por exemplo, ela precisa transmitir a atmosfera, o feeling do que está sendo explorado naquela edição.

 

C&D: Além dessa linha do design, quais os outros trabalhos que você está apto?
EC: Desenvolvo projetos de identidade visual para varejo, terceiro setor e branding para empresas e instituições. 

 

C&D: A inspiração vem de onde?
EC: Busco referências em universos variados: arte, história, cultura brasileira, comportamento do consumidor, imagens de moda... Tudo é inspiração, basta saber olhar.

 

 

C&D: Como e quando surgiu o Estúdio Boitatá?
EC: Surgiu em outubro de 2011, após uma temporada de cursos e vivências em São Paulo (atualmente moro em Fortaleza e passo temporadas em Teresina). Escolhi esse nome porque transmite originalidade e tem a ver com a origem na Cultura e Folclore brasileiros. Afinal, muitos dos meus desenhos têm essa temática.

 

C&D: O Estúdio Boitatá também atua no segmento de moda? Fazendo estampas para roupas, por exemplo?
EC: Sim, estamos aptos a desenhar coleções para marcas de Moda de qualquer porte.

 

C&D: Quantas coleções vocês têm atualmente? Qual o nome e características delas?
EC: Na maioria das vezes não trabalhamos com coleções fechadas, mas as montamos de acordo com as demandas sazonais ou conceituais de cada cliente.

 

C&D: E o futuro? A Deus pertence?
EC: Rs. Também. Mas, pretendo lançar séries limitadas de ilustrações digitais impressas em papéis especiais. Estou a todo vapor.

 

Eduardo Carvalho
Tels.: (85) 9626-3171 / (86) 9974-0941.
www.behance.net/boitatadesign.
dudocarvalho@gmail.com.

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Escrevo para agradecer a publicação do nosso cantinho na Casa & Decoração e as palavras carinhosas da matéria. Ficou fofo, fofíssimo, adoramos! Aliás, a revista toda arrasa!

Emy Kuramoto, da tofustudio.com.br, São José dos Campos - São Paulo, via e-mail
Editora Online