Publicidade

Faça já! > Organize-se
Dicas: pregos e parafusos
Dicas de Nenzinha Machado Salles | Adaptação Humberto Abdo

Usar um prego ou parafuso requer um pouco de segurança e precisão. E existem algumas manobras para tornar a hora da reforma muito mais fácil. Confira:


 

Parafusos: como fixá-los?
Aplicando um pedaço de sabão na ponta do parafuso, será mais fácil introduzi-lo em paredes ou em madeiras duras.

Parafusos enferrujados
Se os parafusos ficarem presos por causa da ferrugem, aplique sobre eles algumas gotas de querosene ou aguarrás. Aguarde alguns minutos e volte a forçar o parafuso.

Outra alternativa é jogar por cima do parafuso emperrado um pouco de refrigerante tipo cola. Após alguns segundos de espera poderá arrancá-lo sem fazer força.

Parafusos protegidos contra a ferrugem
Proteja os pregos contra a ferrugem. Antes de colocá-los na parede, esfregue-os com uma mistura de óleo lubrificante e pó de grafite (raspa de lápis preto).

Parafusos velhos
Para retirar parafusos velhos da parede, prenda a cabeça do parafuso com um alicate e pressione-o enquanto gira alternadamente para a direita e para a esquerda.

Pregos: não quebre o reboco
Antes de bater um prego na parede, mergulhe-o em água fervente. Isso evita que o reboco se quebre. E se o prego estiver enferrujado, fixará ainda melhor.

Se a parede for fraca, proteja o lugar com esparadrapo ou fita adesiva para firmar o reboco.

Pregos em madeira
Para fixar pregos ou tachas em madeira com mais facilidade e sem o risco de rachá-la, unte-os com óleo, sabão ou parafina.

Pregos pequenos
Para enfiar um prego pequeno sem risco de martelar os dedos, basta enfiá-lo em um pedaço de cartão. Assim, você poderá segurar o cartão em vez de tentar pegar o preguinho.

Dicas de Nenzinha Machado Salles, do livro Sebastiana Quebra o Galho (Ed. Record).

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

A Casa & Decoração é uma delícia, de muito bom gosto. Comprei a revista este mês e não pude deixar de reparar na qualidade e aceitar o convite de tirar os sapatos, sentar na poltrona e curtir

Ivana Michelin, São Paulo - São Paulo, via e-mail
Editora Online