Publicidade

Ecodécor > Móveis e acessórios
Natureza também do Lado de Dentro

Morar dentro de uma área de proteção ambiental, como é o caso da Serra da Cantareira, em São Paulo (SP), é um grande privilégio. Pensando nisso, o arquiteto paisagista Luiz Felipe Rudge Leite, com a colaboração da também arquiteta paisagista Aline Restivo, trouxe a natureza para dentro de casa.

 

São aproximadamente 480 m² de jardim, que teve a preservação das espécies arbóreas nativas e a integração com o entorno como ponto de partida, e cujo pré-requisito incluía funcionalidade e fácil manutenção. “A ideia foi criar algo que não fosse apenas visto, mas que também pudesse ser usado”, conta o paisagista Luiz Felipe Rudge Leite, que assina o projeto e que precisou driblar os desníveis acentuados do terreno. “Foi necessário fazer o jardim em diversos patamares. No total, são sete níveis diferentes. Para isso, utilizamos terra adubada nova para o preenchimento desses patamares, sendo descartada a terra original, muito argilosa e desprovida de fibras”. As divisões não são apenas decorativas. Cada patamar do jardim tem uma função associada ao lazer. Na parte mais alta da casa, sobre a laje da garagem, por exemplo, fica o solário. “Quando foi definido que o home theater da casa seria feito em uma sala em cima de parte da garagem, surgiu a ideia de abrir o espaço para o restante dessa cobertura e ali fazer uma área de descanso privativa”, lembra o paisagista que ainda criou um pavimento para a piscina com deque curvo, que aparece sobre o pergolado, no patamar inferior e que pode ser utilizado para reuniões em família com uma churrasqueira portátil. No último degrau, onde fica a parte mais baixa do terreno, o pátio com jardim conta com o estúdio de trabalhos manuais da proprietária. Sempre levando em consideração a vegetação nativa e as condições climáticas do local, as espécies foram cuidadosamente escolhidas e contam com enorme variedade. “No jardim de entrada, por exemplo, temos arbustos de mil-cores, pseudo-iris (falso-iris), clúsia, liríope, agapanto, orquídea-bambu e dracena-tricolor. Já no jardim lateral, a jabuticabeira existente ganhou a companhia de asplênio, alpínia, bromélia-imperial, cica e agave-dragão”, descreve. Além da madeira que foi amplamente utilizada no deque da piscina, nas escadas e na rampa da entrada social e dos grandes blocos de pedra para a formação dos arrimos de contenção dos patamares, o petit-pavé foi aplicado no piso da pérgola, do pátio do estúdio e na entrada. Já as placas de arenito amarelo lixado aparecem no solário, que tem acabamento com pedriscos bege ao redor das caixas de ferro.

 

As alpínias junto à escada fazem volume e escondem o subsolo da piscina

 

Canteiros elevados em patamares unem a escada e a rampa que ligam a entrada social ao paisagismo. As mil cores, o bambu-mossô, as aves-do-paraíso e as clúsias formam conjuntos que elevam o visual do jardim

 

Para garantir privacidade ao banheiro do casal, peças de madeira foram dispostas de forma a impedir a visualização da janela. Os vãos foram preenchidos com dracena-tricolor e orquídea-bambu. As palmeiras em porte alto já existiam no local e novos maciços de vegetação foram plantados para envolver todos os elementos e demarcar o caminho

 

Imagem 1

No jardim lateral, a jabuticabeira já existente no terreno foi mantida e aparece cercada por flores como bromélias imperiais, alpínias e asplênios, que agregam tropicalidade à paisagem. No patamar inferior, agaves-dragões cercam a lateral da escada de pedras

 

Imagem 2

Por se tratar de uma área de reserva ambiental, foram mantidas as árvores existentes e criados patamares e acessos que levam à piscina

 

O pátio ganhou uma pérgula com cobertura de jasmim-estrela para as reuniões familiares

 

Em função da grande declividade do terreno, a piscina teve de ser construída sobre pilotis, aproximando-a ainda mais da vegetação arbórea. Mescladas aos elementos arquitetônicos da casa, em madeira e pedra basalto, as folhagens diversificadas transformam a paisagem. Neste jardim, lírios, curcúligo, guaimbês, bromélias e cicas compõem o visual.

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Fiquei muito feliz porque o Portal Decoração foi lançado. Quero que saibam que vou estar sempre aqui aperriando todos vocês. Um super Cheirão!

Tatiana Veras, João Pessoa - Paraíba, via e-mail
Editora Online