Publicidade

Decore > Casas
Bodas para a casa!

Por: Camila Oliveira / Imagens 3D: Letícia Reginato

 

Letícia Reginato é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência de mais de sete anos na área, atuando com projetos focados em arquitetura residencial, comercial e de interiores.

 

A dúvida da leitora Lilian Asscontville chegou de uma forma diferente para a redação. O arquiteto Allan Feio, grande parceiro da Decore sua casa, recebeu o e-mail dela e nos encaminhou, certo de que renderia um belo projeto para a nossa seção. Lilian gostaria de realizar o sonho de ter uma cozinha planejada e funcional, já que completou 20 anos de casada em outubro. Aproveitando nosso contato, ela enviou fotos de outros ambientes da casa, e a arquiteta Letícia Reginato aceitou nosso convite para fazer o projeto em 3D. Na sala de estar, Lilian fez um painel em tom de madeira para a TV, e gostaria de mantê-lo, assim como o sofá e os dois pufes. No entanto, ela acredita que falta uma decoração apropriada para os móveis, e queria colocar uma cortina de enfeite no vão da porta da cozinha, além de uma mesinha no canto do sofá e algo na entrada da porta da sala. Para realizar o desejo da leitora, Letícia propôs uma nova cor para as paredes, mais neutra e da família dos tons de marrom, criando uma sensação confortável e “quente” ao espaço.

A cor laranja já existente foi mantida, criando um destaque na parede, contrastando com o restante do ambiente. Os pufes receberam uma nova forração, com tecido de algodão com tons verdes e azuis, combinando bem com o tom da parede.

 

Soluções ideais
Ao lado do painel da TV, Letícia sugeriu um grande espelho, medindo 200 x 90 cm, ajudando a conferir um pouco mais de amplitude ao espaço. Acima do sofá, dois quadros foram colocados para trazer mais informação em uma área que antes não tinha nenhum elemento. Foi criada também uma porta, no local que antes existia somente o vão de passagem, para dividir a sala de estar e a cozinha e proporcionar mais privacidade. Para essa porta, foi utilizada a estrutura de MDF com ripas de 3 cm, em um tom amadeirado próximo ao do móvel da TV.

 

Uma mesa lateral com acabamento em laca de cor amarela foi acrescentada, para auxiliar o sofá e abrigar um abajur.

 

Dica extra
A arquiteta Letícia complementa: “Para quebrar um pouco o aspecto frio dos espaços da residência, sugiro a colocação de piso vinílico com textura amadeirada em todos os ambientes. Além de ser uma solução prática, que pode ser aplicada sobre a cerâmica já existente – o que evita gastos com a remoção do revestimento já existente –, é também um elemento que trará mais conforto para a casa. Junto ao piso, para dar o acabamento, poderá ser utilizado um rodapé de MDF, com altura de 15 cm, de cor branca, que, além de moderno, é prático e fácil de instalar”.

 

Ambiente masculino
No quarto do filho de 18 anos, Lilian gostaria de manter o guarda-roupa e a mesa, porém fazendo uma reforma neles para melhorá-los. Sendo assim, o roupeiro ganhou uma nova aparência, com aplicação de tinta fosca em um tom de cinza escuro e detalhes em amarelo. Letícia pensou também em uma nova distribuição do mobiliário, melhorando, assim, o aproveitamento do espaço. A cama e o guarda-roupa – que antes estavam em uma posição que não favorecia a circulação – , neste novo posicionamento, deixam o destaque para a cama box, com a parede adesivada, cujo tema faz referência ao filme Senhor dos Anéis, do qual o jovem gosta.

 

Para deixar o quarto ainda mais personalizado, é importante levar em conta as preferências do proprietário, principalmente quando se trata de um adolescente. Por isso, além da referência ao filme, a arquiteta deixou um espaço reservado para o violão e a viola do rapaz, que adora tocar estes instrumentos.

 

Área de estudos
Além de ter seus momentos de lazer, o rapaz vai prestar vestibular para Engenharia Civil, e precisa de um local exclusivo para estudar. Por isso, a arquiteta propôs que a escrivaninha receba o mesmo tratamento do guardaroupa, sendo renovada com pintura fosca amarela. O móvel traz destaque para o canto que estava sem objetos que chamassem atenção. O jovem não gosta muito de cores fortes, e Letícia escolheu tons de cinza para as paredes, fazendo uma composição harmônica com os móveis.

 

Os caixotes de feira, que estão com tudo na decoração, pois são versáteis e econômicos, aparecem fazendo a vez de criadomudo (ao lado da cama) e de nichos (acima da escrivaninha), trazendo descontração ao dormitório.

 

O corredor de circulação entre os quartos e o banheiro também precisava de atenção, e a moradora gostaria de decorá-lo com alguns quadros. Letícia sugeriu que as paredes fossem pintadas com a mesma cor aplicada na sala de estar, além de recomendar uma renovação nas portas, que podem receber tintura branca, mas sem acabamento fosco.

 

“Não há uma extensão muito grande nessa circulação, e, para que não haja exageros na parede, os quadros foram distribuídos em apenas uma parte, de forma assimétrica e com diversos estilos de molduras”, explica Letícia.

 

Mudança principal
A cozinha era o ambiente que inspirou a transformação total, já que era o lugar em que a moradora gostaria de ver mais mudanças. Integrada à sala de jantar, tem pé-direito de 2,90 m, largura de 3,32 m e comprimento de 4,35 m, e possui uma escada que desce da sala, que precisava de um corrimão. Lilian tinha pensado em fazer uma cozinha americana, com banquinhos para refeições rápidas, ou uma cozinha com uma ilha, mas tinha dúvidas se as medidas permitiam isso. Ela necessita de espaço no ambiente, pois, em dias de festa, é esse o local em que todos gostam de se reunir e ficar conversando. Assim, a arquiteta Letícia projetou um espaço que mescla o estilo moderno com toques rústicos. O piso de cerâmica foi substituído por um porcelanato 60 x 60 cm, com acabamento retificado e paginação ortogonal, de tom acinzentado. A cor disfarça melhor a sujeira e harmoniza com os outros tons usados no local.

 

Na área de refeições, usada também como sala de jantar, foi colocada uma mesa de madeira de demolição 140 x 140 cm, com capacidade para oito pessoas, e uma cristaleira, do mesmo material da mesa. A parede foi pintada com um tom de azul e recebeu aplicação de um adesivo de recorte, que faz alusão a uma receita gastronômica.

 

Outro lado
Na área de preparo das refeições, houve uma distribuição que atende a todas as exigências da leitora, com armários para armazenar mantimentos e utensílios, feitos de MDF branco, com puxadores do tipo perfil. Os armários aéreos possuem portas basculantes com sistema de abertura por meio de pistões, que regulam seu peso. Os tampos foram revestidos com granito Aqualux, que possui uma tonalidade clara e combina com os outros materiais utilizados. A bancada alta, com 110 cm, serve como apoio para quem está preparando as refeições e também como um balcão bufê, em dias em que são oferecidos almoços ou jantares para mais pessoas. Ela foi revestida com lambris de madeira de demolição, e possui um nível mais baixo, com 80 cm, que acomoda mais dois lugares.

 

As paredes ganharam pintura com tinta acrílica fosca branca e adesivos que imitam ladrilhos hidráulicos na área da pia. Além da área da sala de jantar, a cor azul está presente nos detalhes, como as cadeiras de madeira pintadas com tinta fosca.

 

DICA
Sobre a questão da escada que necessita de corrimão, Letícia explica: “Aconselho que seja executado em aço inox, por questões de durabilidade. A altura exigida por norma técnica e que garante conforto aos usuários é de 90 cm. Esse corrimão pode ser instalado do lado direito de quem desce a escada. Lembrando que a porta utilizada para a divisão do estar e da cozinha tem sistema pivotante, com duas folhas”.

 

Quarto do casal
Em seu dormitório, a leitora Lilian disse que a arquiteta poderia escolher os tons que quisesse, pois ela gosta muito de cores. Os móveis permanecerão, e apenas os criados-mudos seriam substituídos, talvez por algo suspenso. Dessa forma, a arquiteta criou um ambiente baseado no estilo provençal, aplicando tinta fosca branca na cama e no guardaroupa para deixá-los em harmonia com o restante do local. A cor das paredes é usada como plano de fundo, em um tom da família do violeta, que deixa o quarto mais confortável com o branco dos móveis. A cortina é de voil, de cor champanhe, que não briga com o restante do quarto.

 

Para o criado-mudo, a ideia foi utilizar uma mesa redonda lateral com diâmetro de 50 cm, também branca, acompanhando o toque romântico do espaço.

 

O painel da TV também já existia, e foi mantido, sendo renovado com um tecido com estampa de arabescos. Sua lateral foi prolongada, para receber um espelho de estilo veneziano.

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Continuarei fã, acompanhando a Casa & Decoração e as outras revistas da Editora On Line. Eu indico para amigas porque tem ideias maravilhosas. Desejo sucesso

Tatiana Veras, João Pessoa - Paraíba, via e-mail
Editora Online