Publicidade

Decore > Casas
Sob seus pés

Texto: Giullia Esposito / Fotos: Sidney Doll

 

 

Ladrilho hidráulico: um contador de histórias
Com duas filhas pequenas, a família optou por incluir a brinquedoteca na varanda gourmet do apartamento em que vive. Na composição, o arquiteto Marcos Contrera equilibrou tons terrosos – como as cadeiras e o granito Marrom Absoluto das bancadas e da mesa – e cores alegres que reforçam a temática lúdica do ambiente, conservando a tendência retrô. Entre a namoradeira e as poltronas revestidas por chenile floral, o profissional substituiu uma faixa de 2 x 1 m do piso cerâmico por um jogo de ladrilhos hidráulicos, do modelo patchwork, nas mesmas tonalidades, que remetem ao Brasil Imperial. As peças que compõem o conjunto foram eleitas por ele mesmo, respeitando a predominância dos tons amarelo e azul. Por ser um piso cimentício, de aspecto rústico, a manutenção dele é simples, pois quanto mais manchado e envelhecido, mais original e charmoso fica. Em casos de encardimento excessivo, Marcos recomenda a aplicação de removedor simples e nova impermeabilização.

 

A combinação de ladrilhos revestiu, inclusive, parte do piso na área da churrasqueira, harmonizado com a minigeladeira retrô.

 

Projeto: Marcos Contrera;

Móveis: A Especialista;

Iluminação: Empório Luz;

Marcenaria: Arte Móveis ABC;

Piso: De Stijl;

Granito: Costaneira;

Churrasqueira: Bella Telha;

Cubas e acessórios: Amasf;

Paisagismo: Orsiolli Paisagismo.

 

1. Ladrilhos hidráulicos decorados (refs. 133,142 e 406), da Casafranceza. O metro quadrado custa R$ 34, R$ 264 e 286, respectivamente;
2. Da coleção Essence Decor, na Eliane, por R$ 56,60 o m²;
3. Das coleções Mediterrâneo, Nueces e Tibre, na Ceusa, por R$ 116,82 o m² (primeiro) e os demais, R$ 122,72 o m²;
4. Da coleção Bosco Hidráulico, o revestimento remete a madeiras do velho oeste americano, na Biancogres, por R$ 95, o kit com oito peças.

 

Porcelanato: limpeza descomplicada
Nos 47 m² do amplo e sofisticado living, projetado pela Scala Design de Interiores, o porcelanato que imita madeira entrou como substituto do tapete, item que a proprietária disse não gostar. Mais do que isso, harmonizou a união entre estar e home, trazendo o aconchego típico do piso amadeirado. Mesmo sem propor o conforto térmico que a madeira natural oferece por ser um piso frio, segundo a designer de interiores Márcia Albiéri, o material que faz as vezes de madeira foi eleito para manter a unidade do piso, que já é revestido por porcelanato branco e, principalmente, em função da facilidade de limpeza e manutenção.

 

Além da madeira, outros detalhes no ambiente remetem à natureza, como o painel de ferro com formatos de galhos e a delicada área verde organizada sob as escadas.

 

Projeto: Scala Design de Interiores;

Puff Giorgio: Studio Lazz Interni.

 

5. Porcelanato que imita madeira na cor caramelo da coleção Muira Parquet Beige, na Biancogres, por R$ 45, o m²;
6. Da coleção Eco Life HD, porcelanato que imita madeira na Portinari, por R$ 194,90, o m²;
7. Das coleções Geoparquet e Parquet mini, na Eliane, porcelanatos que imitam madeira por R$ 62,50, o m²;
8. Porcelanato que imita madeira Colonial Deck Bege HD, da coleção Colonial HD, na Porto Ferreira, por R$ 59,90, o m².

 

Cimento queimado: urbano e arrojado
Seguindo a tendência do cimento queimado, a designer de interiores Melina Romano fidelizou o pedido de um jovem casal, amante de tecnologia e grandes cidades, pela presença do estilo urbano industrial no apartamento em que vive. A profissional revestiu o piso dos cerca de 50 m² que perfazem a área social, onde estão cozinha, salas de estar e TV, e varanda, assumida como sala de jantar. A facilidade de limpeza – apenas pano e água –, a pouca ocorrência de riscos e o conforto visual proporcionado pelas manchas que esse revestimento oferece foram outros motivos que a levaram a optar por ele. Com a solução, os espaços ficaram unificados e a amplitude da área e as constantes visitas de amigos, favorecidas.

 

Ao lado do design contemporâneo de boa parte do mobiliário, cores pontuais, como roxo e amarelo, reforçaram a jovialidade da ambientação, assim como a parede de tijolinhos pintados de branco.

 

Projeto: Melina Romano;

Marcenaria: Pauá Marcenaria.

 

9. Tecnocimento nas cores camurça, cacau e terracota das coleções Classic (áreas internas), Street (áreas externas) e Traffic (alto tráfego), na NS Brasil, a partir de R$ 40, o m²;
10. Cerâmica que imita cimento queimado nas cores bege e cinza da coleção Toque de Seda, na Porto Ferreira, por R$ 42, o m²;
11. Cimento queimado da linha Eco, na Terracor, por R$ 44, o m² aplicado;
12. Placa cimentícia na cor grafite da linha Basic, na Solarium Revestimentos, por R$ 105,45, o m².


*Preços pesquisados em junho de 2013, sujeitos a alterações.
** Comprimento, profundidade de altura, respectivamente.

Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Parabéns a todos! Tornei-me leitora da Revista Feng Shui em Casa recentemente e estou adorando as matérias publicadas! Porém tenho algumas dúvidas e gostaria de ajuda para entender o processo

Cida Gonçalves, Diadema - São Paulo, via e-mail
Editora Online