Publicidade

Ponto de vista > Entrevistas
Bem longe do minimalismo
Texto John Anderson | Adaptação Thales Bormann (estagiário) | Fotos Divulgação

























“Afinal, todo mundo tem uma foto, um livro, um objeto que herdou ou faz parte da história da família. E aí? O que fazer com tudo isso?”

Formado em 1981 pela Universidade Federal da Bahia, David Bastos entrou no mercado com a certeza de não trilhar o caminho do minimalismo na arquitetura e no design de interiores. “Na verdade, gosto de tudo e até acho que algumas pessoas têm algo minimalista ou habitam de maneira confortável nesse estilo. Só não acredito que alguém consiga ser minimalista o tempo todo”, diz o hoje arquiteto badalado, à frente de dois escritórios e no comando de uma equipe com mais de 30 profissionais divididos entre Salvador e São Paulo.

Justamente para fugir da assepsia, David escolheu fazer da informalidade a sua marca registrada. Foi assim que descobriu e aprimorou um caminho bastante peculiar que lhe rendeu prestígio e destaque no métier. “Crio ambientes com cara de algo já vivido, com suas vivências... e não com cara de loja ou vitrine”, defende. Neste caso, o mito do tempero baiano do arquiteto e de seus escritórios têm sim uma receita, uma fórmula de sucesso. “É o descompromisso com o que já existe e muito da história do Brasil, das nossas raízes e daquilo que traga emoção, sem o empavonamento”, afirma.

A riqueza, o colorido e a vibração da Bahia estão sempre por perto, sem que isso signifique um olhar folclórico e datado. Em seus projetos, isso tudo se traduz em uma arquitetura que dá prioridade a ambientes mais abertos, amplos e iluminados, onde a natureza e o exterior invadem os ambientes internos. A utilização de texturas diversas complementam as propostas.


A receita de David Bastos contra o minimalismo: cores pontuais, texturas variadas e heranças familiares que acrescentam ao cotidiano urbano as boas memórias afetivas, são recursos que ensinam os moradores a viverem com suas verdades


David dá preferência aos materiais orgânicos como a madeira de reflorestamento, o cimento, pedras – de preferência as opacas, sem brilho –, e o vidro. Também não tem medo de cores fortes e formas inesperadas. O resultado são residências, apartamentos e empresas que, segundo conta, “transmitem boas sensações e emoções”. “É disso que gosto: busco traduzir no projeto a personalidade do morador através da minha leitura, que envolve muita experiência e o entendimento do anseio dele”, completa.

Com construções e projetos espalhados pelo Brasil e em países como Suíça, Estados Unidos e Portugal, David não pensa em uma carreira internacional. “Profissional bom tem no mundo inteiro. Carreira internacional quem tem é Niemeyer, a quem admiro por tudo o que fez, no tempo que fez e por ainda continuar fazendo”, diz. “Meus projetos fora do Brasil aparecem sempre em decorrência de clientes brasileiros, para quem já fiz trabalhos e que conhecem e gostam de minhas propostas”.


Tendências e modismos


Apesar de defender ambientes cheios de história e personalidade, David não é contra tendências e modismos na decoração e na arquitetura. “Elas também fazem parte do caminhar da sociedade; trazem a evolução e a descoberta de novos materiais”, diz. “Hoje, vivemos uma vida urbana mais prática, com menos empregados, mais compromissos e muito caos no dia a dia. As pessoas buscam cada vez mais o bem-estar. Sempre foi assim, mas atualmente é uma urgência mais explícita”, constata.

Ainda assim, nem todos sabem exatamente o que isso significa ou como aplicar. Muitos confundem viver bem com espaços amplos, residências cinematográficas, valores astronômicos gastos em projetos. O profissional explica: “não existe uma fórmula para viver feliz. Todos deveriam aprender a viver com seus valores e emoções, e isso não tem a ver com dinheiro”, defende. “Estilo é um modo de conviver de cada um, com foco naquilo que gosta, no que dá prazer e no que realmente importa. É preciso aprender a ser feliz com a sua própria verdade”.

Para o arquiteto, o aprendizado de refinamento do olhar é um exercício contínuo: está na simplicidade do uso e no emprego das coisas. “Para mim, é fundamental trabalhar buscando sempre a qualidade do resultado independentemente de ser para uma casa de praia ou de campo, de ser um apartamento ou uma casa na cidade, se é para pessoa jurídica ou física...”. A máxima é primeiramente aplicada à sua realidade.

Em endereço novo, o escritório soteropolitano agora está em um prédio comercial da Barra, zona sul de Salvador, após 15 anos no Trapiche Adelaide. Rapidinho, o arquiteto tratou de acrescentar personalidade e emoção ao local. O charme do escritório anterior, com vista para a praia, foi substituído por uma surpresa que diz muito do que pensa e como vive David Bastos: uma imensa caixa de madeira reciclada foi acoplada dentro da estrutura de concreto da construção. Claro, chama muito a atenção pelo paradoxo entre simplicidade e sofisticação. Sinal dos novos tempos, bem como prega um de seus principais incentivadores.

GALERIA DE FOTOS | Clique nas imagens e conheça outros projetos de sucesso de David Bastos

AnteriorProxima
Em Trancoso, a aconchegante casa de praia utiliza a madeira como elemento principal. Ambientes amplos e iluminados trazem a natureza para o interior e reforçam a preocupação com o lazer e o bem-estar. “ A casa onde se mora e até mesmo o escritório ou a empresa em que se trabalha precisam transmitir sempre as boas sensações e emoções para seus habitantes”, defende o arquiteto.
O badalado restaurante Trapiche Adelaide, um dos emblemas da arquitetura de David Bastos: elementos clássicos em leitura contemporânea e com a benção da desconcertante beleza natural de Salvador.
Mesmo na impessoalidade de uma galeria de arte, Bastos mantém a fórmula que valoriza cores, texturas e materiais que acrescentem personalidade ao ambiente. “Não acredito que alguém consiga ser minimalista o tempo todo”, afirma.

Onde encontrar


David Bastos Tel.: (71) 3319-5355; www.davidbastos.com.br




Fechar
Mostre o seu espaço, receba a nossa Newsletter semanalmente e participe de concursos! Faça parte de nosso portal, cadastre-se!

As melhores revistas de decoração do Brasil!

Continuarei fã, acompanhando a Casa & Decoração e as outras revistas da Editora On Line. Eu indico para amigas porque tem ideias maravilhosas. Desejo sucesso

Tatiana Veras, João Pessoa - Paraíba, via e-mail
Editora Online